Porque Envelhecemos e Morremos?
Porque Envelhecemos e Morremos?
guidaf | 2009-06-28 16:00:49
OS CIENTISTAS n√£o sabem por que os humanos envelhecem e morrem. Parece que as nossas c√©lulas deveriam continuar a renovar-se e que dever√≠amos viver para sempre. O livro Hyojun Soshikigaku (Histologia Padr√£o) diz: ‚Äú√Č um grande mist√©rio como o envelhecimento das c√©lulas se relaciona com o envelhecimento e a morte de um indiv√≠duo.‚ÄĚ Muitos cientistas acreditam que existe um limite ‚Äúnatural, inerente‚ÄĚ, da vida.

Os humanos sempre ansiaram a longevidade e tentaram at√© mesmo atingir a imortalidade. J√° no quarto s√©culo AEC, drogas supostamente preparadas para tornar poss√≠vel a imortalidade atra√≠am a aten√ß√£o de nobres chineses. Alguns imperadores chineses posteriores experimentaram os chamados elixires da vida ‚ÄĒ feitos de merc√ļrio ‚ÄĒ e morreram! Ao redor do globo, pessoas acreditam que a morte n√£o √© o fim de sua exist√™ncia. Budistas, hindus, mu√ßulmanos e outros t√™m todos uma radiante esperan√ßa de vida ap√≥s a morte. Na cristandade, muitos sonham com a bem-aventuran√ßa celestial ap√≥s a morte.

Conceitos de felicidade ap√≥s a morte reflectem o anseio de vida eterna. ‚ÄúP√īs at√© mesmo tempo indefinido no seu cora√ß√£o‚ÄĚ, diz a B√≠blia concernente √† ideia de eternidade que Deus implantou em n√≥s. (Eclesiastes 3:11) Ele criou os primeiros humanos com a perspectiva de poderem viver para sempre na Terra. (G√™nesis 2:16, 17) Por que, ent√£o, os humanos morrem? Como foi a morte introduzida no mundo? O conhecimento que vem de Deus lan√ßa luz sobre essas perguntas. ‚ÄĒ Salmo 119:105.

√Ä EXCE√á√ÉO da descoberta de que as mudan√ßas de idade ocorrem dentro de c√©lulas individuais‚ÄĚ, o Dr. Leonard Hayflick admite que ‚Äún√£o sabemos hoje muito mais a respeito da causa fundamental do envelhecimento do que sab√≠amos um s√©culo atr√°s‚ÄĚ. De fato, ele diz: ‚ÄúDesconhecemos qualquer raz√£o v√°lida para que o envelhecimento deva ocorrer.‚ÄĚ

Experimentos em laborat√≥rio realizados uns 30 anos atr√°s revelaram que, quando c√©lulas humanas normais retiradas de um feto foram cultivadas sob a melhor das condi√ß√Ķes, a morte aconteceu depois de umas 50 duplica√ß√Ķes. Por outro lado, c√©lulas retiradas de uma pessoa bem idosa se dividiram apenas de duas a dez vezes antes de morrerem. Assim, o livro The Incredible Machine (A Incr√≠vel M√°quina), da National Geographic Society observa: ‚ÄúProvas experimentais apoiam o conceito de que a morte √© programada em cada um de n√≥s por ocasi√£o do nascimento.‚ÄĚ

Mas, √© inevit√°vel o fim da divis√£o celular? N√£o. ‚ÄúDe fato‚ÄĚ, opinam dois especialistas em envelhecimento, os professores Robert M. Sapolsky e Caleb E. Finch, ‚Äúparece que a n√£o-senesc√™ncia [o n√£o-envelhecimento] era o estado original das coisas vivas na Terra‚ÄĚ. Ironicamente, at√© mesmo algumas c√©lulas humanas anormais n√£o envelhecem hoje.

O livro The Body Machine (A M√°quina do Corpo), do Dr. Christiaan Barnard, que realizou o primeiro transplante de cora√ß√£o humano, explicou: ‚ÄúA descoberta de ‚Äėc√©lulas imortais‚Äô significou uma grande dor de cabe√ßa para os bi√≥logos interessados na senesc√™ncia, at√© se tornar claro que tais c√©lulas eram anormais.‚ÄĚ De fato, algumas estirpes de c√©lulas de c√Ęncer podem ser mantidas em cultura cont√≠nua atrav√©s de aparentemente infind√°veis duplica√ß√Ķes! Diz a Enciclop√©dia World Book: ‚ÄúSe os cientistas puderem determinar como tais c√©lulas anormais sobrevivem, talvez venham a entender melhor o processo de envelhecimento celular.‚ÄĚ Assim, hoje, parece que algumas c√©lulas de c√Ęncer podem proliferar indefinidamente em laborat√≥rio, mas as culturas de c√©lulas normais envelhecem e morrem.

Mecanismo defeituoso
Resulta o envelhecimento e a morte humana, como diz o livro The Body Machine, ‚Äúda perda da capacidade de prolifera√ß√£o na popula√ß√£o de c√©lulas [normais]‚ÄĚ? Se assim for, disse o livro, ‚Äú√© importante localizar e entender o mecanismo que controla essa capacidade repetitiva finita a fim de manipul√°-lo na tentativa de aumentar a dura√ß√£o da vida humana‚ÄĚ.

Talvez se lembre de que no artigo anterior o Dr. Hayflick falou de ‚Äúmilagres que nos levam da concep√ß√£o ao nascimento e da√≠ ao amadurecimento sexual e estado adulto‚ÄĚ. Em seguida referiu-se a um ‚Äúmecanismo, aparentemente mais elementar, que simplesmente perpetuasse esses milagres‚ÄĚ.

Apesar de anos de esfor√ßos orquestrados, os cientistas n√£o descobriram um mecanismo que perpetuasse a vida. ‚ÄúAs causas do envelhecimento continuam um mist√©rio‚ÄĚ, admite o livro The Incredible Machine.

Contudo, a causa do envelhecimento e da morte realmente não é segredo. A resposta existe.

Qual é a resposta?
Quem sabe a resposta √© o respons√°vel pelos ‚Äúmilagres que nos levam da concep√ß√£o ao nascimento‚ÄĚ, o nosso todo-s√°bio Criador, Jeov√° Deus. ‚ÄúContigo est√° a fonte da vida‚ÄĚ, diz a B√≠blia a seu respeito. ‚ÄúSabei que Jeov√° √© Deus. Foi ele quem nos fez, e n√£o n√≥s a n√≥s mesmos.‚ÄĚ ‚ÄĒ Salmo 36:9; 100:3.

Pense na maneira espantosa de Jeov√° ter programado voc√™ no ventre de sua m√£e, escrevendo, por assim dizer, um livro de instru√ß√Ķes para fazer de voc√™ um indiv√≠duo √≠mpar! ‚ÄúTu mesmo produziste meus rins; mantiveste-me abrigado no ventre de minha m√£e‚ÄĚ, escreveu um salmista b√≠blico. ‚ÄúMeus ossos n√£o te estavam ocultos quando fui feito √†s escondidas . . . Teus olhos viram at√© mesmo meu embri√£o, e todas as suas partes estavam assentadas por escrito no teu livro.‚ÄĚ (Salmo 139:13, 15, 16) Obviamente, o nosso maravilhosamente projectado organismo humano n√£o √© produto do mero acaso!

Mas, se Jeov√° Deus nos criou perfeitos para podermos viver eternamente, por que envelhecemos e morremos? A resposta se encontra numa proibi√ß√£o imposta ao primeiro homem, Ad√£o, colocado por Deus num belo lar, na Terra. Deus ordenou-lhe: ‚ÄúDe toda √°rvore do jardim podes comer √† vontade. Mas, quanto √† √°rvore do conhecimento do que √© bom e do que √© mau, n√£o deves comer dela, porque no dia em que dela comeres, positivamente morrer√°s.‚ÄĚ ‚ÄĒ G√™nesis 2:16, 17.

O que aconteceu? Em vez de obedecer ao seu Pai celestial, Ad√£o desobedeceu, juntando-se √† sua esposa, Eva, em comer do fruto da √°rvore. Eles egoisticamente se agarraram √† falsa promessa de um rebelde ang√©lico. (G√™nesis 3:1-6; Revela√ß√£o [Apocalipse] 12:9) Portanto, como Deus os advertira, eles morreram. Embora Ad√£o e Eva fossem projectados com o potencial de vida eterna, isso dependia da obedi√™ncia a Deus. Tendo sido desobedientes, pecaram. Da√≠, como pecadores, transmitiram a toda a sua prole o defeito que causa a morte no corpo. ‚ÄúAssim a morte se espalhou a todos os homens.‚ÄĚ ‚ÄĒ Romanos 5:12; J√≥ 14:4.

Mas isso não significa que não há esperança para acabar com o envelhecimento e a morte. Não deve ser difícil acreditar que o nosso Criador todo-sábio possa corrigir quaisquer irregularidades genéticas e suprir energia para a perpetuação da nossa vida.


Artigo retirado do livro "Conhecimento"








© 2007-2013 MyGroupX.com. Todos os Direitos Reservados.

25 - Top Sites Minervahobby TOPSITES WEB RANKING EU Top Sites